Estudo de caso

Rede ibis comprova impacto do Waze em número de reservas com pesquisa personalizada

A ibis é a marca de hotéis econômicos mais reconhecida da França. Além da marca principal, a rede conta com outras duas, ibis budget e ibis Styles. Ela oferece acomodações baratas e confortáveis em mais de 900 hotéis na França.

Desde 2015, a ibis trabalha com o Waze para dar visibilidade à marca entre viajantes e aumentar o movimento nos hotéis. Os anúncios do Waze, como os Pins e os Takeovers, geraram ótimos resultados, mas será que a plataforma conseguiu aumentar o número de reservas em hotéis?

Para responder a essa pergunta, a ibis trabalhou com a agência de mídia iProspect e com a consultoria de eficiência de marketing Data2Decisions para quantificar o impacto do Waze no número de reservas.

Fora de casa... mas de olho nos hotéis

A rede hoteleira ibis queria avaliar e quantificar o impacto do Waze nas reservas. Com a colaboração da iProspect e da Data2Decisions, a equipe da ibis queria criar um estudo para comparar a eficiência e rentabilidade do Waze com outras mídias, como TV, redes sociais, mídia externa e rádio.

Avaliação da eficiência de marketing do Waze

Como foi o desempenho do Waze no aumento do número de reservas nos hotéis ibis? Essa era a principal pergunta do estudo da ibis, que foi realizado em parceira com a agência de mídia da rede hoteleira, iProspect, e com uma consultoria de eficiência de marketing, Data2Decisions. Juntas, as empresas criaram um estudo usando o modelo de mix de marketing (ou MMM).

Esse estudo considerou os fatores que levaram a um aumento no volume de vendas, avaliando dados semanais por mais de dois anos para estimar o impacto real de cada canal de marketing.

Com base nos resultados do modelo, a ibis tem certeza de que o Waze terá lugar cativo na estratégia de marketing da rede hoteleira de agora em diante. Constatamos um impacto positivo do Waze entre 2017 e 2019.
Jeanne Raguet, gerente de receitas, ibis

Publicidade digital externa: uma peça essencial no quebra-cabeça do marketing

Com o estudo, a ibis descobriu que usar o Waze ajudou a aumentar significativamente o número de reservas. A pesquisa indicou que o Waze foi responsável por 13% do impacto direto nas reservas da ibis de 2017 a 2019. Além disso, a rede hoteleira verificou que o Waze foi capaz de gerar um ROI melhor do que a mídia externa e o rádio em 2018 e 2019*, bem como o dobro do ROI das redes sociais no comparativo de 2019. Entre todas as campanhas testadas, a ibis constatou que a estratégia com os melhores resultados foi a exibição permanente de Pins.

Com base nos resultados do modelo, a ibis tem certeza de que o Waze terá lugar cativo na estratégia de marketing da rede hoteleira de agora em diante: a ideia é garantir a visibilidade dos hotéis disponíveis no Waze.

Primeiros passos

O objetivo

Aumentar o número de reservas e a receita dos hotéis, além de avaliar e quantificar o impacto específico do Waze nesse aumento.

A abordagem

Criação de um estudo usando o modelo de mix de marketing para analisar os fatores e canais que tiveram impacto nas vendas, com base em dados semanais coletados por mais de dois anos.

Os resultados

A ibis descobriu que o Waze foi responsável por 13% do impacto direto nas reservas de 2017 a 2019, com um desempenho melhor do que as redes sociais, a mídia externa e o rádio durante esse período.

Compartilhar

Receba insights, dados e boas ideias na sua caixa de entrada

Inscrever-se