Forum Chat is LIVE! Read more here
Este é o espaço para dar e receber explicações e recomendações sobre a edição de mapas entre usuários experientes e usuários novos.
Post by jennerjcruz
Reafirmo minha posição, Vlad.

Service Road é Street e não Primary Street. Consultem o WeeeZer14, um dos Waze Champs USA CM etc (http://www.waze.com/forum/viewtopic.php?f=10&t=24146)... Não deve ser usada em via de alto volume de passagem. Não deve ser usada SR na pista local da Marginal do Tietê e nem na Marginal do Pinheiros. Nada tenho contra de se utilizar Minor Highway, porém, se assim for decidido pela maioria.

Freeways que cruzam centros urbanos sem sofrer redução de velocidade e que mantêm suas características expressas não são rebaixadas em termos de categoria em nenhuma cidade que eu pesquisei (New York, Los Angeles, Miami, Austin, Paris, London, Milano) e que estão todas muito bem mapeadas, sem ideias exóticas. E mais: todas essas cidades têm congestionamento nas vias expressas em horas de pico devido a trânsito local ou não. Rebaixar a Dutra em SJC, a Dom Pedro em Campinas ou a Marechal Rondon em Bauru (só para citar alguns exemplos) não tem o menor sentido (e as vias brasileiras nestes casos citados têm muito menos congestionamento que as freeways de Los Angeles e NYC...).

O software é o mesmo aqui e lá. Não dá para se fazer no Brasil coisas muito diferentes de lá fora. E tem mais: conheço muito bem Milano, tem trânsito similar ao nosso e tudo lá está bem categorizado.

Está mais do que na hora de estudar mais, fazer mais e errar menos...
jennerjcruz
Posts: 105
Been thanked: 8 times
Send a message

Post by jennerjcruz
Fmoliveira wrote:Jenner,

O fato de estar bem categorizado lá fora não quer dizer nada. Talvez o waze esteja criando rotas péssimas lá fora. Não existe nenhum benefício na classificação das ruas, mas está bem documentado que esta classificação gera rotas péssimas para qualquer distância maior do que 15km.

Talvez a solução seja se conformar que o waze é inútil em qualquer distância maior do que 15km mesmo, e largar ele de mão, porque o meu trabalho fica a mais de 15km de casa.

O roteamento mais perfeito que o waze poderia gerar seria se todas as ruas tivessem a mesma classificação, para ele se basear apenas na média das velocidades e nas condições atuais do tráfego.

A waze fez um atalho muito podre pra economizar o processamento nos servidores, e isto está gerando essa discussão toda, fazendo a comunidade se dividir e perder tempo. Erro deles.

Por mim, classificava tudo como street, e forçava o waze a achar um caminho que presta.
Concordo que a solução mesmo se dará quando o Waze melhorar seu roteamento. É que melhorar o roteamento gasta muito tempo de processamento e os servidores deles parecem que estão abrindo o bico.

Por enquanto, existe solução. É só promovermos todas as rotas viáveis e interessantes a Primary Street, conforme o volume de tráfego e a necessidade de cada localidade. Assim, ao mesmo tempo resolvemos nosso problema e respeitamos a classificação. Não é preciso criar uma solução tupiniquim.

Sobre as cidades de fora do Brasil, onde o Waze está mais estabelecido, eles têm mais usuários e já passaram pelo nosso estágio. Então olhar o que outras pessoas fizeram é válido sim. Especialmente em cidades com malhas viárias semelhantes. No Brasil a gente parece que acha que é mais esperto e que precisa de uma solução diferente do resto do mundo. Não sou psicólogo para saber.
jennerjcruz
Posts: 105
Been thanked: 8 times
Send a message

Post by jennerjcruz
Antigerme,

A seu pedido estou analisando seu post.
antigerme wrote: Sobre categorização outra coisa que tem que ser levado em conta é que diversos países tiveram um aplicação de uma basemap, a Itália é uma deles. Veja só esta bagunça. :)
https://world.waze.com/editor/?zoom=3&l ... TTTFTTTTFT
Eu não notei a bagunça. Ao contrário, achei tudo muito organizado. Note que em quase toda a Itália não há zona rural desabitada. Morei no Norte e conheço praticamente tudo, da Suíça até a Toscana. Somente em áreas montanhosas ainda há zona realmente rural. É tudo uma grande zona suburbana com adensamentos mais ou menos urbanos. O que eles chamam de área rural têm ruas, propriedades pequenas etc. O mapa que vc mostrou no link acima mostra isto claramente. Achei interessante que apenas as vias públicas estão representadas.
antigerme wrote: Lá eles também concordam conosco sobre as enrascadas das Highways dentro da cidade. Pena que ainda não virou algo nacional, talvez fosse até mais fácil pois a Itália é quase do mesmo tamanho do estado de SP. :P
https://world.waze.com/editor/?zoom=4&l ... TTTFTTTTFT
O que o italiano chama de cidade é bem o Centro Histórico. Se o italiano fosse rebaixar tudo que é Freeway que cruza área mais ou menos urbana, não iria sobrar uma Freeway na Itália. Veja o mapa de Milano e de Parma, onde morei no começo deste ano. Tudo que é via rápida e de acesso controlado está corretamente como Major Highway e Freeway, como deve ser mesmo. O centro urbano de Milano está todo com Street e Primary Street, sem highways, pois não há mesmo nada parecido com Highway nesse miolo. O anel viário de Milano, chamado de Tangenziale, está como Major Highway, o que está correto. As Freeways que cruzam a Tangenziale e passam mais por dentro de Milano (mas não no Centro) estão corretamente como Freeway. Uns 100km ao sul de Milano está Gênova, recortada por Freeways e pistas elevadas. Lá está tudo classificado corretamente também. Veja as Freeways A7 e A10 cruzando a cidade como Freeways. Não estão como Primary Street porque têm tudo que uma Freeway tem e não há redução de velocidade permitida, apesar de as vias sofrerem com congestionamentos diários. Note também as pistas elevadas tipo Mihocão de SP expressas como Primary Street. Também concordo com a classificação, pois são vias nitidamente urbanas e locais a Gênova, se bem que se eu estivesse fazendo o mapa, teria colocado Minor Highway...

Se houvesse algo semelhante a uma Marginal do Tietê em Milano, lá estaria ela como Major Highway na pista expressa e Minor Highway nas pistas do meio e local, acredito. Já o Anel Viário de SP estaria como Freeway.

Olhe Roma... O miolo todo está apenas com Streets... Nada de Primary Streets, nem Highways. Em Roma isso dá para fazer. Eu adoraria fazer isso em SP, deixar tudo como Street e o Waze que se virasse... Entretanto, isso só funcionaria colocando até as Marginais como Street comum e aí iria fica MUITO estranho visualmente falando... Por isso que advogo a tese de manter as Marginais como Highways. E para resolver o problema de atração feito pelas marginais, revisar toda a malha de Primary Streets de SP, de forma que o Waze encontre por dentro de SP rotas sem mudanças de nível, tipo Marginais.

A Itália pode ser do tamanho de SP, mas possui uma densidade viária (vias por km²) muito muito muito maior. Acho que mapear a Itália deve ser tão complicado quanto mapear todos os estados do Sudeste do Brasil juntos.
antigerme wrote: Agora a parte interessante, eu fiz uma rota de quase 700Km e o Waze me mandou para os mais diversos tipos de vias no caminho, Major, Minor, Primary, mesmo não tendo Freeway no caminho. Talvez quando o Waze não encontre alternativas nas categorias ele usa as vias que encontra pela frente. :mrgreen:

Update:
Jenner, esta é para tu também.
Só para complementar a categorização da Italia, Veja a wiki deles. Seria também bem interessante ver o Wiki de outros países.
http://www.waze.com/wiki/index.php/How_ ... Italian%29

O que acham de eu "roubar" aquelas imagens para colocar na nossa Wiki?
Sim, o Waze em rotas maiores não exclui os segmentos simplesmente. Ele associa penalidades de tempo (1h ou 3600s) ao se pegar vias de menor categoria em rotas extensas. Assim, quando ele analisa uma rota qualquer, ele acaba excluindo aquelas que recebem as penalidades. Não precisava fazer teste para isso...

Dei uma lida no Wiki italiano. Tenho cidadania italiana e carteira de motorista italiana também. Então leio bem, sem problemas.

Adorei a página que vc sugeriu da Wiki italiana, pois tem uma ideia que já falei aqui, que é associar o tipo de via à velocidade permitida na via. Assim, há definições claras do que é Freeway e do que é Major Highway. Note que uma strada extraurbane pode cortar uma região urbana, quando mantém suas características e não reduz velocidade na pista expressa, como a Via Dutra corta SJC aqui em SP ou como as A7 / A10 cortam Gênova na Liguria.

Veja a página de tipos de vias. Segue a linha da homônima página americana. Note o significado de Service Road:
"Le Service roads sono strade percorse a bassa velocità parallele alle freeway/highway utilizzate per l'accesso a edifici/strutture (tipo stazione di servizio)."
Tradução:
"As Service Road são vias que se percorre a baixa velocidade paralelamente a Freeway/Highway utilizadas para o acesso a edifícios/estruturas (tipo posto de gasolina)."
jennerjcruz
Posts: 105
Been thanked: 8 times
Send a message

Post by jennerjcruz
Ficaremos com as Marginais de SP com classificação Minor Highway em todas as pistas? Cada pedaço está de um jeito...

Atualizar a Wiki brasileira para que a regra seja Minor Highway para as vias de trânsito rápido urbanas, como é o caso da Marginal.

Note porém, que muitas rodovias em SP e outros estados cruzam zonas urbanas sem perderem suas características de trânsito de passagem extra urbano. Sem redução de velocidade etc. Exemplos são a via Dutra, a Marechal Rondon etc.

Na Wiki brasileira, não esquecer de corrigir a definição de Service Road. Já redigi uma definição melhor do que a que está na Wiki brasileira e que está mais próxima da definição da Wiki em inglês e italiano.

Jenner, engenheiro ITA/AER-87
jennerjcruz
Posts: 105
Been thanked: 8 times
Send a message

Post by jennerjcruz
Boa noite Anti Germe,

Realmente eu não tinha notado a bagunça naquela região da Itália. Morei a menos de 80 km de lá... Fiquei admirando a beleza da zona rural, que na verdade de rural não tem nada. Mas você está certo, há muita inconsistência nessa região. O padrão italiano em geral é bem melhor do que esse...

Eu nada tenho contra se limitar as vias de trânsito rápido em zona urbana como Minor Highway, desde que o critério de zona urbana seja referente ao tipo de tráfego presente na via. Uma via é urbana se o tráfego predominante na via corresponder a rotas com início e fim na mesma conurbação urbana. Nesse critério, as Marginais do Tietê e Pinheiros em SP são vias urbanas. A rodovia Dutra cruzando SJC, por exemplo, será via extra urbana. Continuando, a pista expressa da Dutra em Guarulhos será extra urbana e Freeway e sua marginal será urbana e Minor Highway.

Eu acho que o critério acima sobre o que é ser urbano resolve todos os problemas e acomoda todas as partes.

Assim, toda via de trânsito rápido urbano será Minor Highway.

No caso das Marginais de SP, sugiro usar Minor Highway em todas as pistas. Nada tenho contra usar Primary Street na pista local, desde que os acessos entre a pista local e os viadutos e vias urbanas da capital sejam devidamente alterados de Ramps para Primary Streets.

O Wiki brasileiro resolvendo esse problema e definido melhor o que é Service Road estará muito bom. Aí poderemos fazer um mutirão de classificação consistente e pouco subjetivo. Não podemos nos esquecer de criar a malha de Primary Streets...

Abraços,

Jenner, engenheiro ITA/AER-87
jennerjcruz
Posts: 105
Been thanked: 8 times
Send a message

Post by lucasm2
Quanto a essa discussão toda, minha opinião é: não concordo nem discordo. Muito pelo contrário. :!:

Acho importante considerarmos que o waze na malha brasileira é bem diferente principalmente dos EUA, e acredito que o app leva em consideração a malha da realidade deles. Portanto, não copiar o modo deles não é arrumar solução tupiniquim, mas adequar à nossa "malha tupiniquim" dessa "formidável" organização urbana. ;)

Ao mesmo tempo é salutar o jenner ter compartilhado sua experiência em ter dito que a malha de Milão é semelhante à brasileira, e por isso devemos considerá-la. Subir para PM as possíveis rotas alternativas é uma hipótese a ser considerada. E testada.

EEEENTRETANTO, lembrei que o waze na Itália é muuuito mais usado do que por aqui. Muito mais. Consequentemente, ele deve considerar muito mais as informações "ao vivo" de tráfego do que ocorre conosco, e portanto põe pra escanteio todo esse troço de classificação. Aliás, a Itália deve ser um dos países que mais usam o waze. Digo porque fiquei embasbacado com a quantidade de postos de combustível que os usuários adicionaram em tão pouco tempo que essa função surgiu. Comparem com a dimensão do Brasil e com o número de postos que colocamos (isso porque eu adicionei postos feito louco). É pífio. :o

Solução, que tomo pra mim: ouvir a voz da experiência de quem está há mais tempo usando o waze nas ruas brasileiras e adequar o mapa aos poucos, conforme o Brasil vai adotando o app. Porque uma coisa é certa: Highway em zona urbana até agora só me deu cilada. Quem estava aqui e viu o merge do basemap que o diga. :x

Mas não vai demorar, pois o que mais vemos nas ruas é waze babies.
Fmoliveira wrote:Acrescentando, se alguém concordar comigo que é errado o waze ignorar ruas de determinadas classificações para viagens maiores de 15km, podem votar no negócio que eu lancei no uservoice do waze:

https://waze.uservoice.com/forums/59223 ... ong-routes
+3 votos!
lucasm2
Posts: 129
Has thanked: 18 times
Been thanked: 12 times
Send a message
Area Manager: Belém, PA - BRA
https://s.waze.tools/am.png

Post by lucasm2
Eu supus ter muitos mais usuários que nós por causa dos 30 primeiros dias de postos de gasolina, onde adicionaram 50.000 postos no mundo todo e só na Itália, 12.500, 50% do total no país. :!:

http://www.waze.com/blog/30-days-and-mo ... ions-later
lucasm2
Posts: 129
Has thanked: 18 times
Been thanked: 12 times
Send a message
Area Manager: Belém, PA - BRA
https://s.waze.tools/am.png

Post by mauriciomartins82
Vocês não tem noção do quanto é engraçado ver vcs 2 (Jenner e André) querendo que um aceite o ponto de vista do outro... Tá parecendo briga de criança pra mostrar quem tem o melhor brinquedo!

Jenner vc fica o tempo todo comparando nossas estradas com as americanas ou européias. Coloca uma coisa em sua cabeça, você está no BRASIL, lugar onde tudo é levado nas coxas... Temos que adaptar o Waze de acordo com a nossa realidade, como o próprio CEO nos disse na reunião de SP (como eu queria que você tivesse participado).

André tô contigo e não abro! Temos que procurar atender a realidade das nossas vias!!!


Abraço

Mauricio Martins
Graduando em Engenharia Mecatrônica pela FTC
Formado no 3o ano no Colégio Drummond
Formado na alfabetização na escola Universo do Guri
:mrgreen:
mauriciomartins82
Posts: 227
Been thanked: 11 times
Send a message
Waze Champ: Brazil
Area Manager: Salvador/BA
Wazer user on Galaxy S4 I9505

Post by mauriciomartins82
antigerme wrote:Gostaria que eu fosse seu mentor?
Master Yoda!!! :mrgreen: 8-) :lol: :lol: :lol: 8-) :mrgreen:
mauriciomartins82
Posts: 227
Been thanked: 11 times
Send a message
Waze Champ: Brazil
Area Manager: Salvador/BA
Wazer user on Galaxy S4 I9505

Post by scarlogarcia
jennerjcruz wrote:
antigerme wrote:Colocaria a principal e central como Minor e a lateral como Service.

Não esquecer de usar Ramps, tipo diferente, nos acessos entre central <-> principal para o Waze não ficar brincando de zig-zag desnecessariamente.

De quem foi a ideia de separar a via em SP? Para trânsito isso realmente melhora?
Antigerme, Boa tarde!
Service não... para todos os efeitos, service é como Rua comum. Vai ser excluída da navegação em percursos grandes. Apesar de serem chamadas de vias locais, as vias locais das Marginais de SP são grandes avenidas de alta velocidade (70km/h).
E ramps devem ser usadas apenas em major highways e freeways.

Jenner, engenheiro ITA/AER-87
Ramps devem ser usadas em todos os tipos de pista que pertencem a categoria de Highway (Freeway, Major e Minor).

Entendo as marginais sao vias de escape mais rapido, e as centrais como vias de percursos mais longo. O uso de service para categorizaçao das marginais está correto.
scarlogarcia
Posts: 2369
Has thanked: 284 times
Been thanked: 785 times
Send a message